Mais fácil que vender aquele sabão em pó que “faz milagres”

O marketing espontâneo de Bolsonaro

Anúncios